Afinal, Chico Buarque Canta Mau?

January 2, 2020

Fala galera

Tudo bem? Eu espero que sim!

Faz tempo que não venho devagar meus pensamentos com vocês, porém, com a chegada do novo ano e das velhas polêmicas, senti uma certa inspiração.

A nova (velha) polêmica da vez, foi proposta pelo cantor Tony Tornado durante o programa Pop Star, da Rede Globo. Toni, que era um dos jurados, teceu o seguinte comentário após a performance de uma participante: Para ela cantar pior que o Chico Buarque, é impossível.

 

Olhando o contexto da fala, fica difícil entender claramente se a frase foi uma crítica a Chico ou um elogio a participante. Elogiando ou criticando, a polêmica já tinha tomado conta da internet, afinal, Chico Buarque é ou não um mau cantor?

 

Vamos refletir.

 



Muito se fala sobre a técnica vocal, encontrei diversos defensores do Buarque dizendo que o mesmo canta mau, porém, o resumo total da obra compensa (Isso me espantou muito), afinal, a técnica é um meio, uma ferramenta para alcançar algum objetivo e não um fim por si.

Nós poderíamos fazer um análise mais científica sobre a técnica de Chico, levando em conta respiração, ressonância, afinação, dicção, impostação e etc, para chegar a um consenso, mas não acho uma idéia que agregaria tanto e não faria tanto sentido pra mim. Durante uma aula, eu ouvi de um dos grandes músicos do Brasil, o baterista Nenê “Se preocupe em tirar som do seu instrumento e não com a técnica”. Isso faz muito mais sentido pra mim.

Usando uma analogia para explicar o ponto. O que importa se apenas 16% dos gols que o Lionel Messi faz são com a perna direita, se ele faz 70 gols no ano? Na minha visão, não é nada razoável dizer que ele é ruim com a perna direita, (crítica já feita pelo Pelé, que não repercutiu muito bem) porque essa suposta “falta” de técnica não tem impacto algum no objetivo final, a definição mais precisa seria dizer que ele tem a técnica necessária para chegar aos incríveis 70 gols no ano. Esse pensamento corrobora o pensamento de que o conjunto da obra é impressionante.

Porém, a analogia também se assemelha em outro aspecto. Se você considerar apenas os gols com a perna direita (perna ruim) do Messi, na temporada 14/15 o argentino anotou 32 gols, número 60% maior que o artilheiro do campeonato brasileiro de 2015 (Ricardo Oliveira, 20 gols), então concluímos que mesmo deixando só o desempenho com a perna “ruim” de Messi, ele ainda seria um jogador no mínimo na média.

A mesma coisa acontece com o Chico, falar que obra de Chico é um material de inestimável valor para a música e cultura, que ele detém a técnica necessária para a execução dessa obra em todos os aspectos, é praticamente uma unanimidade. Porém, mesmo que você considere apenas o Chico cantor e colocar em perspectiva com o contexto, no país onde temos Dilsinho, Ferrugem, Gabriel Diniz, Gustavo Lima, Wesley Safadão, concorrentes ao prêmio de “Cantor do Ano”, no prêmio Multishow de 2019, vemos que Chico Buarque é no mínimo um cantor mediano, já que ele consegue cantar um repertório muito mais complexo de forma afinada, característico, com um dicção apurada (devido a grande variedade de vocabulário).

Eu me arrisco a dizer até que entre a média de cantores, o Chico Buarque está acima da média

Mas e as pessoas que não gostam do timbre da voz do Chico?
Gente, isso é só gosto e tudo bem, cada um tem o seu.

 

Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima

Tchau!

Please reload

Posts Recentes
Please reload